sábado, 30 de Junho de 2012

Carhartt WIP em Lisboa

Como muitos de vocês já sabem, senão todos, a Carhartt WIP inaugurou uma nova loja em Lisboa, mais concretamente no nº 224 da Rua Áurea, na passada quinta-feira, dia 28. Eu estive presente no evento (cliquem aqui para verem as fotografias que tirei com a minha simples máquina fotográfica!), o que para além de me ter permitido apreciar de perto as peças e acessórios desta marca com a qual simpatizo bastante, também me permitiu desfrutar de umas bebidas enquanto pus a conversa em dia com os meus "amigos das modas". A todos aqueles que gostam de roupas com qualidade, bem como design contemporâneo, descontraído e prático, aconselho uma visita a este espaço muito cool, cuja arquitectura foi concebida por Andrea Caputo, sob a direcção criativa da própria Carhartt WIP.

Yohji Yamamoto S/S 13

Gostei tanto destes quatro looks da nova colecção Yohji Yamamoto! Excelente uso de cores e padrões. Um equilíbrio perfeito entre descontracção e elegância. O casting, como sempre, impecável. O homem de Yohji Yamamoto sempre me pareceu muito misterioso, intelectual, viajado, masculino e pouco preocupado em ostentar-se - quatro características que eu aprecio bastante. Vejam a colecção completa aqui.

sexta-feira, 29 de Junho de 2012

Louis Vuitton S/S 13

Ao mesmo tempo que escrevo este post, oiço a Firestarter dos The Prodigy - uma música que, pela sua enorme carga energética, me faz lembrar os apontamentos em cores néon da colecção S/S 13 da Louis Vuitton. Na minha opinião, o Kim Jones está a fazer um excelente trabalho na Louis Vuitton. Sem quaisquer pretensões e sem nunca descurar da história da gigante marca francesa, o designer tem-nos apresentado óptimas colecções, com peças de enorme qualidade, apetecíveis e extremamente comerciais. Para a próxima temporada de Primavera/Verão 2013, Jones sugere-nos apontamentos em cores néon, sobretudo verde/lima. Exacto, falo daquela tendência que não parece querer desaparecer... Ou melhor, daquela tendência que parece ter vindo para ficar. É que se formos a ver bem, as cores néon ficam bem com tudo!

quinta-feira, 28 de Junho de 2012

Christopher Kane S/S 13

Mas que óptima colecção! Concisa, muito coesa e, acima de tudo, lindíssima. O Christopher Kane recorreu a combinações de cores semelhantes às da sua colecção Resort 2013 e criou dezassete looks masculinos impecáveis, todos eles muito práticos, "vestíveis", para a temporada Primavera/Verão de 2013. Os short shorts e as pinceladas estampadas nas peças conferem um ar delicado, frágil, aos modelos. Será preciso dizer que as sandálias são perfeitas?... Enfim, existem tantas peças, nesta colecção, que eu gostava de ter no meu guarda-roupa. Excelente trabalho, Christopher Kane!

Vejam a colecção completa aqui.

Raf Simons S/S 13

Às vezes, fico assim... Sem saber exactamente o que dizer acerca de uma colecção. É algo que geralmente acontece quando gosto muito (mesmo muito) do que vi. É verdade, e este é um desses casos. Estes looks efeminados que o Raf Simons nos sugere para a próxima temporada de Primavera/Verão 2013 deixaram-me fascinado. Eu estou sempre no mood para uma colecção masculina que contenha short shorts, portanto, este desfile começou a ganhar logo por aí. Adorei as golas, que acentuaram o aspecto feminino da colecção, as cores utilizadas (sou um grande fã daquele cor-de-rosa pálido), os ténis (quero imagens close-up imediatamente!!) e, claro, os prints reminiscentes do trabalho do artista Brian Calvin.

O que é que eu tenho a dizer sobre os cabelo dos modelos, para além do facto de me fazerem lembrar a subcultura emo... Parecia que os modelos tinham acabado de tirar a tinta (a que tinham posto na colecção anterior) e que não tiveram tempo de secar o cabelo!

Vejam a colecção completa aqui.

quarta-feira, 27 de Junho de 2012

Carhartt WIP Store Lisboa - Inauguração

Amanhã, dia 28 de Junho de 2012, será inaugurada uma loja da Carhartt WIP em Lisboa, na Rua Áurea (224). Para celebrar o acontecimento, a marca lançou uma t-shirt de edição limitada com uma estampagem alusiva à história do nosso país. Agradeço imenso à Carhartt WIP, por me ter enviado um exemplar! Gostei imenso! Vemo-nos amanhã! ;)

CARHARTT WIP STORE LISBOA
Rua Áurea, 224 - 1100-065 LISBOA

Rivalidade inexistente

Excelente artigo, escrito por Markus Ebner e publicado hoje pelo Style.com, sobre a falsa rivalidade entre o Raf Simons e o Hedi Slimane. Útil, para aprender um pouco mais sobre o percurso profissional destes dois designers. Já não é a primeira vez que vejo a qualidade do trabalho da Suzy Menkes a ser questionada. Interessante... 

Hoje, começam os desfiles masculinos em Paris. Raf Simons vai apresentar a colecção Primavera/Verão 2013 da sua marca homónima. Can't wait!

terça-feira, 26 de Junho de 2012

Christopher Kane Resort 2013

E enquanto a terceira dose de desfiles masculinos (Paris) não começa, voltemos às colecções Resort 2013, que ainda continuam a ser apresentadas. Desta vez, trago-vos a do Christopher Kane. Uma colecção bastante diversificada (de mais, por vezes), constituída por 40 looks adoráveis. Tonalidades vibrantes de azul, cor-de-rosa, verde e amarelo misturam-se com o preto, o branco e outras cores mais pálidas, gerando efeitos muito interessantes. Os prints de florais estão presentes na maior parte das peças. Gostei muito das sandálias rasas, conferem um ar awkward/adorável às modelos. A atitude descontraída e cool, que é muito característica das colecções de Kane, não faltou. Adoro os dois últimos looks que aparecem neste post. 

Vejam a colecção completa aqui.

segunda-feira, 25 de Junho de 2012

Prada S/S 13

Num cenário futurista, clean, Miuccia Prada apresentou-nos uma colecção minimalista, que se enquadra perfeitamente na estética da sua marca. Com recurso a elementos dos anos 70 e tendo em mente peças e formas de antigas colecções, a designer abordou o sportswear e propôs-nos looks bizarros, mas extremamente apetecíveis. 

Tal como um leitor deste blog apontou, e bem, no Facebook, esta colecção remete-nos para o guarda-roupa do filme The Royal Tenenbaums. Reparem nas cores (incluindo os cabelos e a maquilhagem muito semelhantes aos da Margot), as sweatbands, o casaco do look da Magdalena e, lá está, a inspiração nos anos 70. A paleta de cores é, de facto, invulgar para uma colecção high-fashion, mas não se esperava outra coisa de uma série de looks concebidos pela Miuccia Prada. Resultou tudo muito bem. 

Ainda não percebi a aversão que a maior parte das pessoas tem, em relação à combinação meias/sandálias. Juro que não percebo! Eu até gosto do visual, o único senão é apenas o non-sense da coisa... Para quê usar meias com um calçado aberto? Para ficar com os pés não muito, mas apenas moderadamente, arejados?! De resto, nada contra.

Geralmente, não gosto de ver colecções masculinas misturadas com as femininas, mas tenho consciência de que o desfile ficou a ganhar com os looks femininos. Sem eles, as coisas teriam ficado mais monótonas.

No que toca aos detalhes, gosto imenso das golas dos pólos. Adorava vê-los individualmente... Tenho a certeza que são lindos!


Concluindo, mais uma excelente colecção da Prada, que, com certeza, terá um maior impacto a nível editorial que a anterior.

domingo, 24 de Junho de 2012

Burberry Prorsum S/S 13

Para mim, o desfile mais surpreendente do dia de ontem foi o da Burberry Prorsum. Eu sei, surpresa, mesmo! Finalmente, o Christopher Bailey apercebeu-se de que as suas últimas colecções foram a coisa mais boring de sempre. Os looks que o designer nos apresentou ontem não são os mais originais de sempre (algumas peças pareciam um bocado cópias de outras da colecção S/S 12 da Lanvin) e todos juntos acabaram por criar um desfile pouco coeso. Contudo, verdade seja dita, diversão não faltou! Metalizados coloridos! Yay! Em cor-de-rosa, em azul turquesa, em verde, em lilás... É só escolherem, para, literalmente, começarem a brilhar no vosso dia-a-dia. Um sucesso instantâneo! Estas peças vão aparecer em inúmeros editoriais. Tenho a certeza. Espero que, nas próximas colecções, o Christopher Bailey continue a apostar em ideias refrescantes como esta.

Vejam a colecção completa aqui.

Relativamente aos acessórios, chamo a vossa atenção para estes fabulosos óculos de sol azuis e para a clutch em pele de crocodilo metalizada cor-de-rosa:

sábado, 23 de Junho de 2012

Jil Sander S/S 13

Jil Sander voltou para a marca que carrega o seu nome, mas, lá porque o Raf se foi embora, não quer dizer que a sua influência tenha também desaparecido. Na verdade, esta bonita colecção, que hoje foi apresentada em Milão, exibe uma multiplicidade de semelhanças em relação ao trabalho do designer belga. Não fiquei chateado. A meu ver, até faz sentido. Afinal de contas, para quê ignorar uma parte significativa da história de uma marca? Apesar da ausência de pormenores excêntricos (algo que caracteriza o trabalho do Raf), os looks minimalistas sugeridos pela senhora Sander são bonitos e parecem ter uma qualidade enorme. Não tenho quaisquer dúvidas de que estas roupas ficarão perfeitas em "homens reais" e maduros (na minha opinião, estes "modelos pré-adolescentes" não fizeram jus à colecção). Achei excelente a forma como as cores foram utilizadas e não posso negar o facto de esta colecção ir ao encontro da estética da marca Jil Sander. Não está espectacular, não me deixou de queixo caído, mas gostei de tudo o que vi e fiquei curioso para ver o "próximo episódio".

Vejam a colecção completa aqui.

sexta-feira, 22 de Junho de 2012

Damir Doma


Não sei bem porquê, mas só há relativamente pouco tempo é que comecei a tomar consciência do talento do Damir Doma. O designer, que neste momento se encontra associado a um círculo de marcas de culto como Rick Owens, Raf Simons, Comme des Garçons e Maison Martin Margiela, tem melhorado de colecção para colecção e tem-me interessado bastante, tanto a nível de womenswear como de menswear. Há algo de muito puro no seu trabalho que me agrada. Este vídeo, concebido pela LN-CC (uma das minhas lojas online favoritas, como já devem ter percebido), que se centra apenas no womenswear, ajudou-me a comprovar a qualidade do trabalho do Damir Doma. Recomendo. Para ser visto em 1080p.

10º aniversário da Umbigo

Espero que todos vocês já tenham comprado a nova edição da Umbigo (saiu ontem!), que para além de comemorar o 10º aniversário da revista, inclui um artigo de duas páginas escrito por mim. É verdade. Uma honra! A equipa da Umbigo, que é super simpática, deu-me total liberdade para escolher um tema e isso deixou-me completamente à vontade. O artigo fala sobre Proenza Schouler (claro!), mais concretamente sobre a ascensão profissional do Jack e do Lazaro e do estado actual da marca americana fundada pelos dois designers, há precisamente uma década atrás (pois é, o artigo faz todo o sentido nesta edição da Umbigo).

Portanto, se ainda não compraram a nova edição da Umbigo, façam-no o mais rápido possível! 3,50€, preço especial. ;)

quinta-feira, 21 de Junho de 2012

Um post sobre decoração

Eu acho que qualquer pessoa interessada em moda também tem sensibilidade para a decoração. Não digo que um(a) stylist, por exemplo, consiga decorar lindamente uma casa, mas parto sempre do princípio que ele(a) sente um especial prazer ao cuidar da parte estética da sua habitação. Na verdade, acho que isso se verifica em todas as pessoas que desempenham profissões criativas, pessoas essas que se orientam muito pela estética. Assim, acredito que muitos de vocês, tal como eu, façam pesquisas na Internet, de vez em quando, à procura de coisas giras relacionadas com decoração (mobiliário, esculturas, quadros, etc). Em baixo, encontram alguns objectos (e uma planta) que eu gostava que fizessem parte da minha futura casa (ainda moro com os meus pais). 

  1. Eu tenho um fraquinho por (boas) revistas. Para além de serem uma enorme fonte de inspiração e conhecimento, encaro-as como objectos decorativos. Estou certo de que não sou o único a achar isto, que uma pilha de revistas do género da Fantastic Man é algo extremamente apelativo em termos visuais. 
  2. Também gosto de plantas. Sempre me senti atraído por casas cheias de plantas, muito ao estilo Califórnia nos anos 70. A espada-de-são-jorge é particularmente bonita.
  3. Um quadro do Takashi Murakami - Flower Superflat, 2004. Uma imagem divertida e cheia de vida! Os dias não podem correr mal, quando se tem um quadro destes em casa.
  4. Kast, um móvel desenhado por Maarten van Sereven. É colorido, cool e prático. Enquadra-se perfeitamente na minha visão estética.
  5. Uma escultura cor-de-rosa do Mickey Mouse concebida pelo André Saraiva (o acutal editor-in-chief da L'Officiel Hommes). É bonita e super cómica! O tipo de objecto que faz falta na casa de muitas pessoas.

quarta-feira, 20 de Junho de 2012

Carolina Flores x Artur In The Woods

É provável que todos vocês já conheçam o blog da Carolina Flores, o Last Minute Dreams. (Gosto de pensar que eu e ela temos quantidade considerável de leitores em comum). Eu já tive o prazer de a conhecer pessoalmente, de a acompanhar em vários eventos e, acreditem, a Carolina é realmente um reflexo do seu blog - gira, simpática, cool e super criativa. Oh! E escusado será dizer que nunca a vi num mau outfit. Aliás, sempre que a vejo, ela está irrepreensível, mas sempre com um ar relaxado. No entanto, isso, muitos de vocês já devem saber, tal como devem saber que a Carolina tem imenso jeito para as artes. Yep, refiro-me às adoráveis colagens que ela faz, das quais eu sou um grande fã.

Há uns dias atrás, estava a apreciar algumas das suas colagens e reparei que todas elas tinham uma coisa em comum: eram muito femininas. Não é que eu goste menos delas por isso. Pelo contrário! Eu acho que essas girly vibes (não muito exageradas, mas perceptíveis) caracterizam a estética da Carolina e esse factor, para mim, é muito importante. Ainda assim, achei que seria interessante ver a artista "fora da sua zona de conforto" e, por isso, convidei-a a criar três colagens (ela acabou por fazer quatro! Surpresa agradável!) inspiradas em menswear. O resultado, como podem ver abaixo, é fantástico! Tenho a certeza vocês também vão adorar! Eu fiquei logo convencido, quando vi vários bocadinhos da colecção S/S 12 da Prada...

Obrigado, Carolina!
Visitem o Last Minute Dreams.

terça-feira, 19 de Junho de 2012

Ténis Raf Simons F/W 12/13

É certo que não são uma definição de beleza convencional, mas enquadram-se perfeitamente na estética de Raf Simons, que, para muitos (eu incluído), é uma definição de cool. Estou a falar dos ténis da brilhante colecção F/W 12/13 do designer belga, que acabam por ser uma versão ainda mais kitsch destes lançados em 2009. Se não gostam, azar... Preparem-se, porque parece que este tipo de calçado já é tendência - reparem nisto, nisto, nisto e nisto.

Entretanto, a campanha desta mesma colecção do Raf Simons foi divulgada em fotografia e em vídeo (obrigado, Luis! haha):

J.W. Anderson Silk Paisley Shorts

E por falar em J.W. Anderson, vejam só o que acabou de chegar à Opening Ceremony! São tão giros! Pertencem à colecção S/S 12 e têm aquele padrão paisley (#trends) reinventado, que me faz lembrar organismos celulares. E se pensam que isto não funciona para o dia-a-dia, espreitem este editorial que a OC realizou (parte em que aparecem os criadores da DIS Magazine). Cool, right?!

segunda-feira, 18 de Junho de 2012

Favoritos da London Fashion Week (menswear)

Vamos lá falar sobre os meus desfiles preferidos da primeira edição menswear da London Fashion Week?! Vimos uma série de colecções fantásticas, altamente refrescantes e inspiradoras para a Primavera/Verão de 2013. Numa grande parte delas, os designers investiram mais na fantasia, esquecendo um pouco o lado comercial, e isso deixou-me muito feliz. Pelos vistos, apesar da crise, a "verdadeira essência da moda" ainda existe. Esperemos que o espírito continue nas próximas semanas da moda (Milão e Paris). Um pequeno aparte, antes de começar a falar dos desfiles: o que é que aconteceu à colecção masculina do Christopher Kane? Hmmm... Tinha esperanças que fosse apresentada nestes últimos dias, em Londres.

O J.W. Anderson é, actualmente, um dos meus designers preferidos. Ele faz o que realmente gosta e não costuma apostar naquilo que já é massivamente trendy. A sua criatividade tem cativado imensos profissionais da indústria da moda, incluindo a Anna Wintour, e neste momento os seus desfiles estão na lista dos mais aguardados das semanas da moda de Londres. Esta colecção é excepcional! A inspiração no womenswear e a utilização de materiais invulgares tonou-a bastante bizarra in a good way. É uma colecção igualmente cómica (os desenhos dos ursinhos, os lenços na cabeça, as transparências que fizeram lembrar o outfit do Marc Jacobs na última Met Gala), o que a torna ainda mais interessante.

O uso de cores vibrantes e o recurso a padrões  são dois elementos que podemos esperar sempre de uma colecção do Jonathan Saunders, mas nem por isso o trabalho deste talentoso designer deixa de ser surpreendente. Nesta colecção S/S 13 podemos sentir algumas vibes dos anos 80 e 90. Os óculos de sol coloridos e espelhados são um must e o azul turquesa e os striped suits são oficialmente tendências. Gostei muito da forma como a colecção foi apresentada. A instalação estava muito gira e combinou com o revivalismo das peças. I mean, eu consigo ouvir a Lovefool dos Cardigans só de olhar para as imagens acima.

Não conheço muito acerca da Martine Rose, mas esta colecção deixou-me maravilhado. Super sinistra, mas ao mesmo tempo cool! gostei imenso do uso da ganga, do nepreno e do facto de os modelos levarem na mão esquerda t-shirts dos anos 90 (consigo identificar uma t-shirt dos Primal Scream, que eu adoro!). Muito original.

Xander Zhou. Também não conheço muito bem o seu trabalho, mas gostei muito desta colecção. Viram-se silhuetas interessantes, efeminadas. Achei que uso das cores (para além do branco e do preto) podia ter resultado melhor, mas não desgostei. O calçado... Oh, o calçado... So good!

Esta colecção da Meadham Kirchhoff é deslumbrante. A dupla começou, outra vez, a investir mais no menswear e eu não podia estar mais satisfeito com o resultado. Traduz na perfeição o conceito da marca! Achei uma delícia o cuidado investido na instalação. Parecia uma versão masculina do maravilhoso mundo da Tavi. Estranho, mas adorável. Um bocadinho de erotismo e inocência. Well done!