segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

K L A R S/S 13

Na última edição da ModaLisboa, minutos antes do início de um dos desfiles, uma simpática stylist que estava sentada à minha frente, na primeira fila, disse-me que tinha visto o meu blog e que tinha gostado dele, apesar de ter ficado com a impressão de que eu, nos meus posts, dava muito destaque a designers e marcas internacionais e pouco a nacionais. Perguntou-me, a seguir, quem eram os meus designers portugueses favoritos. Disse-lhe um pequeno conjunto de nomes e e acrescentei que dava maior enfoque a designers internacionais pelo de facto gostar de escrever sobre o que realmente gosto e sobre aquilo que considero ser bom.

Reconheço que soou mal. Devia ter dito mais qualquer coisa.

Eu, de facto, escrevo muito sobre designers internacionais neste blog (e até mesmo em artigos para outros sites e revistas), mas, se repararem bem, eu não falo de todos. Basta um scroll rápido, na lista de designers/marcas do Style.com, para constatarem que a maior parte dos nomes que lá aparecem nunca foram sequer mencionados neste blog. Ora, se lá fora o meu número de favoritos já é reduzido, imaginem cá dentro, num país pequeníssimo e com uma indústria ainda frágil! Por outro lado, as novidades de moda a nível nacional (lançamentos de colecções, divulgações através de vídeos, lookbooks, etc) escasseiam durante o ano, ao contrário do que se passa lá fora. As grandes marcas internacionais dão que falar todos os meses, as nacionais não - daí eu raramente postar sobre o trabalho de designers portugueses.

Falta mais investimento? Sim, mas mais do exterior do que da parte dos designers, julgo eu. É preciso gente (com visão e recursos) que invista na moda nacional.

Falta mais comunicação? Talvez. Se calhar, a imprensa também precisa de olhar mais para os designers nacionais, mas eu falo por mim... neste blog, eu só divulgo coisas que gosto, coisas com as quais, de algum modo, me identifico.

Dito isto, julgo que ficou tudo mais ou menos esclarecido. Podemos, então, proceder ao que realmente interessa neste momento, que é o lookbook da colecção S/S 13 da K L A R, uma marca portuguesa cuja equipa é constituída por Alexandre Marrafeiro e Andreia Oliveira (designers de moda) e Tiago Carneiro (designer gráfico e art director). Com uma estética minimalista e funcional, esta colecção remete-nos para o trabalho de designers como Raf Simons e J.W. Anderson, ainda que, ao mesmo tempo, apresente características bastante originais. A qualidade e a atenção aos detalhes parecem-me evidentes, sendo que aqui não falo apenas das roupas, mas também da própria direcção artística do lookbook, que pela sua precisão nos faz querer tocar, e até mesmo adquirir, a maior parte das peças. Está tudo impecável! Espero que o futuro reserve muito boas surpresas para o pessoal da K L A R, porque ele merece.

Vejam o lookbook completo aqui.








www.k-l-a-r.com

2 comentários:

  1. Acho que não tens de pedir desculpa a ninguém. És livre de falar sobre o que quiseres e tanto quanto eu reparo falas o bastante sobre designers portugueses, alguns deles, nomes ainda pouco conhecidos (como neste post).
    Ao invés de apontar o facto de 'não falares o suficiente' talvez fosse melhor olhar para os conteúdos da imprensa nacional que na maioria das vezes ignora completamente estes projectos e sublinha unicamente as grandes marcas internacionais.
    Como disse, não tens de pedir desculpa a ninguém.

    ResponderEliminar