quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Coisas que não recebi neste Natal, mas que gostava de ter recebido.

No sentido dos ponteiros do relógio, a começar pelo canto superior esquerdo:
  1. Um porta-chaves do Takashi Murakami. Está à venda na loja online do MOCA e custa 12 dólares. 
  2. T-shirt do Raf Simons. Está em saldo (com 50% de desconto, na Mr. Porter), mas já não existe no meu tamanho.
  3. Windsor EF Light Condensed. Tipografia recorrente nos filmes do Woody Allen. À venda por 35 dólares no MyFonts.
  4. Edição nº30 (Winter/Spring 08/09) da Arena Homme +. Tem conteúdos fantásticos (Willy Vanderperre e Olivier Rizzo. Não preciso de dizer mais nada, pois não?). À venda no eBay por 175 dólares.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Sean e Seng

Ultimamente, tenho andado obcecado com o trabalho da dupla de fotógrafos Sean e Seng. Acerca deles sabe-se muito pouco (não são propriamente veteranos, na indústria, e raras são as entrevistas que dão). Tiraram o curso de fotografia de moda em Londres e, neste momento, trabalham para as melhores revistas de moda do mundo: Pop, 032c, Arena Homme +, Dazed and Confused, i-D e Numéro. Os editoriais fotografados por eles têm qualquer coisa de especial, diferente do trabalho de todos os outros fotógrafos de moda, que me atrai... Misturam realidade com fantasia, recorrem com frequência ao comic relief e abordam o sexo de uma forma não cliché. Fico feliz por constatar que já tenho várias revistas que incluem editoriais fotografados por eles! Vejam mais trabalhos da dupla Sean e Seng aqui.

domingo, 18 de dezembro de 2011

SWANS de Hugo Vieira da Silva

Vi o trailer deste filme, há uns meses atrás, e apaixonei-me de imediato, não só pelas emoções que transmite, mas também pela sua estética. Filmes melancólicos/depressivos com boa fotografia são mesmo "a minha cena". SWANS estreia em Janeiro nos cinemas portugueses e eu mal posso esperar para vê-lo! Reinhold Vorschneider é o director de fotografia (achei importante referir). Em seguida, algumas screencaps do trailer que pode ser visto aqui.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Proenza Schouler Pre-Fall 2012

Ontem, não consegui falar decentemente sobre isto, por isso, falo agora. Mais uma colecção excelente! É interessante ver que Jack e Lazaro continuam a inovar, mas ao mesmo tempo a solidificar uma estética muito própria. Quando olho para muitos dos looks da nova colecção Pre-Fall da Proenza Schouler, não consigo dissociá-los do estilo marca. O recurso a cores fortes, a forma como o tweed é usado, os apontamentos sportswear, os blusões estilo basebol, a dualidade feminino/masculino e a forma descontraída como as modelos seguram as malas, não deixam margem para dúvidas... Isto é Proenza Schouler. Óptima, como sempre! Vejam a colecção completa aqui.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Se, tal como eu, gostam da Suzy Menkes, do Francisco Costa, do The New York Times e da Calvin Klein, vejam este vídeo.

Para mim, é sempre um prazer conhecer melhor a história de vida dos designers e a visão que eles têm do seu próprio trabalho. Não dispenso as entrevistas escritas (na maior parte das vezes, são as melhores), no entanto, através do vídeo, as coisas conseguem tornar-se cativantes com mais facilidade. E, parecendo que não, a voz, os gestos e as expressões, quer dos entrevistados, quer dos entrevistadores, conseguem tornar os conteúdos muito mais ricos. Este vídeo é curto, mas conta e mostra o essencial. Recomendo.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Acne F/W 11/12

Uma das melhores colecções masculinas para este Outono/Inverno. Existe, nela, um balanço perfeito entre o jovem e o maduro, o formal e o informal. Os casacos pesados, compridos e de corte clássico contrastam com os chapéus de pala (uma das tendências registadas nas últimas temporadas), com as estampagens irónicas das sweaters e com o ar frágil dos modelos. Até mesmo o facto de as calças serem curtas (ao ponto de mostrarem os tornozelos) e de alguns looks apresentarem camisas que, na zona da cintura, saem para fora das camisolas, contribuem para o acentuar da dicotomia rigor/descontracção. Vejam a colecção completa aqui.

domingo, 11 de dezembro de 2011

#default

Inspirado pelo aspecto do site da Maison Martin Margiela, decidi voltar aos primórdios da Internet. Times New Roman, preto e blanco, links com cores default e linhas rectas. Me gusta.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

King Krule - The Noose of Jah City

Isto é bom. Aliás, muito bom! Por aqui, a música não tem parado de tocar (verdade seja dita, acompanhada pelo novo álbum da Charlotte Gainsbourg, que também está fantástico). A sua sonoridade é perfeita e adequa-se ao meu estado de espírito (quase sempre) melancólico. O vídeo oficial está igualmente bom. Uma estética que remete para Gosha Rubchinskiy e para antigos trabalhos do Raf Simons. Um deleite, portanto. Não resisti e pus-me a fazer screencaps. Vejam o vídeo aqui.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Eu já gostava do Dries Van Noten, mas depois de ter lido este artigo do The Wall Street Journal fiquei a gostar ainda mais! Não sou cem por cento a favor da forma como ele encara a Indústria da Moda, mas é sempre bom tomar conhecimento de perspectivas diferentes e saber que ainda existe gente que "pensa". Um artigo bem redigido e muito informativo.

Um post NSFW, de vez em quando, não faz mal a ninguém...

A cada dia que passa, começa a ser mais difícil encontrar editoriais decentes, isto é, minimamente inspiradores. Temos a i-D e Dazed e Confused, que saem diversas vezes ao ano e que,  nesse aspecto, nos conseguem satisfazer (a Vogue Italia, por vezes, também, vá...), mas para vermos grandes produções, daquelas que nos fazem querer espalhar as páginas da revista pelas paredes de nossa casa, temos de esperar. Normalmente, esse tipo de sessões fotográficas só são feitas para revistas alternativas semestrais, ou anuais. 

Por um lado, esta coisa de publicações semestrais/anuais é boa, porque confere às revistas um carácter mais único e "coleccionável". Por outro, é mau, não só porque, como já referi anteriormente, temos de esperar meses para vê-las nas bancas, mas também porque costumam sair todas ao mesmo tempo (geralmente, no início do Outono e/ou da Primavera), o que faz com que pessoas como eu, sem rendimentos próprios e sem muitos recursos, nessas alturas, tenham de optar por comprar apenas uma ou duas (ou três, com sorte) dessas revistas.

Uma das publicações semestrais de moda que costuma apresentar bons editoriais em todas as suas edições é a Man About Town. Uma revista de moda masculina que não poupa nas colaborações que faz, recorrendo sempre aos melhores fotógrafos, stylists, modelos e artistas gráficos. Nunca comprei a revista, apesar de já a ter visto à venda, mas estou bastante interessado em adquirir a nova edição (a de Outono/Inverno de 2011). Já estive a ver previews do seu conteúdo em vários sites e gostei de tudo, especialmente do editorial fotografado pelo Willy Vanderperre, com o styling a cargo de Olivier Rizzo. Uma dupla "implacável", responsável por muitos (mesmo muitos!) dos meus editoriais preferidos. Qualquer trabalho assinado por Vanderperre e Rizzo é sempre original e fiel a uma estética muito própria. Os dois conseguem criar imagens fora do comum, que nos prendem a atenção. Uma das coisas que mais me interessou neste editorial, para além da parceria com os M/M (ver os desenhos que se encontram pelo meio), foi a abordagem da nudez masculina. De facto, trata-se de um aspecto muito pouco explorado no mundo da moda e eu nunca percebi a sua razão de ser, uma vez que em todos os meses, diversas publicações recorrem à nudez feminina. Talvez seja melhor assim... Afinal de contas, as coisas coisas ficam mais interessantes, quando não se tornam mainstream.

So, yeah... Espero que tenham gostado da "parede de texto". Convido-vos, agora, a apreciar as fotografias. A qualidade das imagem não é muito boa, mas foi o melhor que se pôde arranjar. Oh, e cuidado! Por causa da nudez, podemos considerar este post NSFW.

sábado, 3 de dezembro de 2011

É por isto que eu adoro a Chloë... (este post precisa de mais parêntesis)

Quantas vezes é que eu já mencionei a Chloë Sevigny neste blog? Muitas, com certeza. Vocês já devem estar fartos de me "ouvir" falar sobre ela. Desculpem, mas eu não consigo parar... A Chloë é demasiado awesome! Ontem, o pessoal da Opening Ceremony antecipou-se e resolveu dar-me um pequeno presente de Natal - o vídeo que se encontra neste post. Falta a segunda parte, eu sei. Estou ansioso! Não tarda, deve ser publicada. Resumindo o conteúdo da filmagem, a Chloë (com o seu novo visual (demasiado cute!)) faz-nos uma visita guiada ao seu closet (um guarda-roupa absolutamente banal (adoro!)). Pelo meio, muitos risos (ela tem um riso especial (extremamente cómico/adorável)) e histórias engraçadas. Fez-me lembrar este "clássico".

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Andrez for Eureka

Uma boa colaboração. Será possível não gostar? Apesar de achar que está tudo impecável, devo confessar o meu especial apreço pelas malas. Este saco é uma das minhas peças preferidas da colecção. A sua textura (tipo pedra, parece-me) é realmente bonita e gosto da forma como as alças vermelhas e o zipper lhe conferem um aspecto mais fresco, contemporâneo e prático. A colecção, que pode ser vista completa aqui, estará à venda, nas lojas Eureka, a partir de Março de 2012.